Visita à carreta Somos Água encanta alunos do Ensino Fundamental

0
262

 

Na última semana, alunos das Escolas da Prefeitura Jeanete Beauchamp e Sophia Fantazzini Cecchinato visitaram a carreta Somos Água, projeto educativo da Sabesp que, em parceria com o SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) e a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, disponibilizou o caminhão para uma temporada de quatro dias no CEU Pimentas.

 

carreta-somos-agua (1)
Os alunos amaram a visita. Foto: Sidnei Barros/PMG

 

Encantados com os recursos tecnológicos utilizados para demonstrar a importância do recurso hídrico para a sobrevivência humana, as crianças se divertiram com jogos interativos sensíveis ao toque.

 

Depois de assistirem a um vídeo com curiosidades sobre a jornada da água, das nascentes às residências, os alunos também observaram seus diferentes ciclos no laboratório de experiências e puderam também simular a limpeza de uma caixa d’água com as próprias mãos, utilizando óculos de realidade virtual.

 

A professora da turma do 3º ano da EPG Sophia, Thais Helena Orsi, conta que a água é uma temática recorrente desde a Educação Infantil, a partir da qual é possível elaborar planos de ensino bastante interessantes: “Eles aproveitam cada informação, pois como tudo é interativo, eles conseguem aproximar o conteúdo com a realidade, e assim o aprendizado faz sentido”.

 

Você sabia que a água não nasce na torneira?

 

Por que o copo fica “suado”? Como se forma a chuva? O que fazer para economizar e preservar a água do nosso planeta? Por que o nosso planeta é chamado de Terra e não de planeta Água?

 

carreta-somos-agua (2)
Alunos da EPG Sophia Fantazzini Cecchinato. Foto: Sidnei Barros/PMG

 

Essas foram algumas das perguntas e ideias que povoaram o imaginário dos alunos do 4º ano da EPG Jeanete Beauchamp durante a sequência de aulas da professora Niuza Gomes dos Santos, na qual realizaram estudos e experiências sobre os estados da água. De acordo com a professora Niuza, a visita à carreta veio coroar o aprendizado da turma:

 

“Tudo o que trabalhamos aqui na sala de aula, eles acabaram vendo no caminhão, foi um momento em que colocaram em prática e fixaram o que aprenderam, principalmente sobre o sistema de tratamento de água e esgoto, os ciclos da água e seus estados físicos”.

 

A aula da professora Niuza não parou por ai. Com a turma, ela ainda teve oportunidade de falar sobre a seca na região Nordeste e a poluição dos rios em grandes centros urbanos, explorando ao máximo o desejo de aprender dos alunos.

 

Nada de beber água da chuva, viu!

 

Estados físicos da água. Limpeza dos rios. Estação de tratamento de água. Os alunos do 4º ano Icaro, Alice, Luiz Gustavo, Guilherme e Samuel confessam que amaram a visita à carreta Somos Água. Depois de percorrer os quase 30 metros da carreta, repletos de atividades interativas, numa visita que durou cerca de 30 minutos, eles ganharam gibis e jogos, para levar essa diversão para casa.

 

Eles descobriram, sobretudo, que não se pode beber água da chuva, pois ela cai das nuvens repleta de bactérias e que, quando tomam banho, devem fazer isso bem rapidinho.

 

carreta-somos-agua (3)
Alunos simulam limpeza de caixa d’água. Foto: Sidnei Barros/PMG

 

Com a matéria na ponta da língua, os alunos demonstraram os passos que seguiram durante estudo e experiência que fizeram sobre a água. Os resultados desse trabalho foram sistematizados pela turma num cartaz exposto na EPG Jeanete Beauchamp, com fotos e informações.

 

“A gente viu como a água se comportava quando pingava tinta nela. A gente também comprovou que quando colocamos água em temperatura ambiente e água gelada em garrafas diferentes, só a gelada deixa um suorzinho na garrafa e sabe por quê? Por causa da evaporação”, observam Guilherme e Alice, afiados na explicação.

 

Já Luiz conta que, além das experiências com a água, eles também representaram, por meio de um desenho, o que entenderam como necessário para a preservação da água: “Eu quis mostrar que as pessoas precisam economizar a água, para que ela não falte nunca”.

 

A carreta Somos Água está em atividade desde agosto de 2016. Desde o ano passado, o projeto teve mais de 32 mil visitantes e passou por cerca de 30 cidades paulistas.