Projetos desenvolvidos no hackathon (maratona de programação) realizado durante o Experimenta Saúde, no início de abril, terão sua viabilidade avaliada durante reunião com as secretarias de Saúde e de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e de Inovação (SDCETI) na próxima semana.

 

hackathon-guarulhos

 

No encontro, representantes dos três grupos vencedores do hackathon irão tratar sobre as adequações necessárias para que as propostas possam ser aplicadas à gestão da saúde pública na cidade. A Coordenadoria da Juventude também participa deste processo.

 

“As ideias apresentadas durante o hackathon despertaram interesse porque são inovadoras. Esse desdobramento mostra que o experimento pode exercer o papel de indutor permanente da inovação e do desenvolvimento tecnológico”, comentam o secretário da SDCETI, Rodrigo Barros, e o diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação, Danton Coelho.

 

Diretor na secretaria de Saúde, Dr. Sérgio Iglesias avalia que adaptadas à realidade da cidade, as propostas podem colaborar com a modernização da gestão e, sobretudo, melhorar a qualidade dos serviços prestados ao cidadão.

 

VENCEDORES

 

Escolhidos por uma comissão formada por especialistas em Saúde e Tecnologia, os projetos ‘Meu Médico Online’, Cadê Remédio’ e ‘Movimento Positivo’ se classificaram respectivamente na primeira, segunda e terceira colocação.

 

Os integrantes de cada equipe foram premiados com bolsas de estudos em cursos de tecnologia em uma universidade, além de ciclo de mentorias para desenvolverem um negócio a partir dos projetos.

 

O projeto ‘Meu Médico Online’, pretende auxiliar a população a ter acesso à orientação médica preventiva por meio de um chatbot (programa de computador), colaborando para a diminuição da procura pelos equipamentos públicos de saúde.

 

Cadê Remédio tem o objetivo de melhorar a distribuição de remédios oferecidos na rede pública. Por meio de um aplicativo, o cidadão poderia consultar em qual Unidade Básica de Saúde (UBS) o medicamento pode ser encontrado. Já, com o propósito de modernizar o transporte ambulatorial, o ‘Movimento Positivo’ quer oferecer à população o agendamento online do serviço.