Tele-atendimento do SAMU Guarulhos será municipalizado

0
286

 

Mais de 20 atendentes SUS da Prefeitura de Guarulhos vão desempenhar a função de auxiliar de regulação médica. Eles farão o tele-atendimento das chamadas telefônicas ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 Guarulhos, substituindo os funcionários de empresa terceirizada que hoje operam o sistema. A mudança acontecerá após o processo de treinamento e integração que será aplicado aos atendentes.

 

Foto: Sidnei Barros / PGM

 

A decisão de assumir o serviço com os próprios servidores vai gerar uma economia de R$ 1,7 milhão aos cofres públicos em dois anos, o que equivalente ao valor que seria pago no mesmo período ao atual prestador. Ministrado pelo enfermeiro da Comissão de Educação Permanente do SAMU, Alberto Moreira Leão, e pela líder de equipe Carla Kristine Ferreira Manta, o treinamento foi realizado no início do mês e, agora, os atendentes SUS passam por um processo de integração no SAMU.

 

Chamado de projeto Across, o método proposto visa possibilitar aos novos colaboradores a vivência em todos os setores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, com um objetivo comum: o atendimento e acolhimento humanizados às vítimas que utilizam o SAMU.

 

Enfermeiros e auxiliares de enfermagem:

 

Além dos mais de 20 atendentes SUS, o SAMU 192 Guarulhos também recebeu 40 novos profissionais entre enfermeiros e auxiliares de enfermagem. Eles estavam atuando no Hospital Municipal de Urgências e Hospital Municipal da Criança e do Adolescente, mas optaram pela transferência para outro serviço depois que o Instituto Gerir assumiu essas unidades.

 

Até o próximo dia 31, os novos integrantes do SAMU serão submetidos ao curso de Atendimento Pré-Hospitalar Básico, com carga horária inicial de 120 horas entre teoria e prática. O treinamento, que é obrigatório para todo profissional que ingressa ao serviço, de acordo com as diretrizes do Ministério da Saúde, tem caráter eliminatório, aprovando somente os profissionais proficientes e com adequado perfil para a atividade de socorrista.

 

O curso teve início na segunda-feira (21), com abordagem de temas como: o atendimento ao politraumatizado, emergências clínicas diversas, atendimento à gestante e outros agravos a saúde. Todas essas ocorrências integram a grade de competências da atuação de socorrista.