Tarifa de ônibus sobe a partir de 1° de fevereiro

0
492

 

As tarifas dos ônibus municipais de Guarulhos subirão 3%, a partir do dia 1 de fevereiro de 2018, passando dos atuais R$ 4,15 para R$ 4,30 para pagamentos mediante a apresentação do Bilhete Único. A informação foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira, dia 26.

 

 

A Prefeitura está aplicando o índice da inflação acumulada nos últimos 12 meses. Comunicado da Assessoria de Imprensa informa que, no mesmo período, o preço do óleo diesel, um dos principais insumos que interferem nos custos do transporte público, sofreu um aumento de 6,82%.

 

O último reajuste autorizado em Guarulhos ocorreu em 20 de janeiro do ano passado, quando as tarifas passaram de R$ 3,80 para R$ 4,15.

 

IMPORTANTE: Para pagamentos em dinheiro ou para as empresas que adquirem o vale-transporte, a Prefeitura está criando a Tarifa Integral, cujo preço será de R$ 4,70. Essa inovação segue o que é praticado em outros municípios como Campinas e Sorocaba, com o objetivo de diminuir a circulação de dinheiro dentro dos coletivos e aumentar a segurança tanto dos motoristas como dos passageiros. Atualmente, apenas 12,9% dos usuários de transporte em Guarulhos utilizam o dinheiro vivo como forma de pagamento das passagens.

 

A Prefeitura, no entanto, não apresentou justificativa para encarecer as passagens adquiridas como vale-transporte pelas empresas para seus funcionários. Se o objetivo alegado é aumentar a segurança, não faz sentido cobrar mais caro no vale-transporte. O Click enviará questionamento à Assessoria de Imprensa a respeito desse item.

 

Economia de R$ 36 milhões em subsídios

 

Segundo as planilhas apresentadas pelas empresas de ônibus que operam o sistema de transportes em Guarulhos ao Conselho Municipal de Transportes e Trânsito (CMTT) no final de 2017, o preço da tarifa na cidade, sem a necessidade da Prefeitura pagar subsídios, seria de R$ 5,05. Com a tarifa a R$ 4,15 (valor atual), o Município precisaria desembolsar até o final deste ano R$ 71.963.032,00 em subsídios.

 

Com a tarifa a R$ 4,30 sem a criação da “Tarifa Integral”, o valor do subsídio seria de R$ 59.940.216 até o final de 2018. Porém, com o modelo escolhido pela administração de tarifa para o Bilhete Único a R$ 4,30 e com a “Tarifa Integral” a R$ 4,70, o valor final do subsídio cai para R$ 35.015.016,00, praticamente a metade que o não reajuste oneraria os cofres municipais.

 

Alguns dados sobre tarifas destacados pela Prefeitura:

 

  • 12,9% dos passageiros em Guarulhos usam dinheiro para pagamento das tarifas
  • O Bilhete Único em Guarulhos permite até quatro viagens no período de duas horas

 

Tarifas em outras cidades de São Paulo atualmente:

 

Barueri – R$ 4,35

Osasco – R$ 4,35

Mogi das Cruzes – R$ 4,10

Campinas – R$ 4,30 (Bilhete Único com direito a duas viagens + R$ 0,40 a partir da terceira) / R$ 4,70 a tarifa cheia

Sorocaba – R$ 4,20 / R$ 5,25 (Vale Transporte)

 

Fonte: Click Guarulhos