Secretário do Meio Ambiente de Guarulhos é exonerado

0
358

 

Denúncias de irregularidades em licenças ambientais na Secretaria de Verde e Meio Ambiente da capital levaram o prefeito Guti (PSB) a exonerar ontem, 29, o engenheiro ambiental Claudio Dias do cargo de secretário de Meio Ambiente. A empresa Dias Ambiental, pertencente a Claudio, foi citada nas denúncias que envolvem “pressões e ameaças” em processos de licenciamento ambiental.

 

 

A administração municipal divulgou nota sobre o caso: “Apesar de ter se dedicado integralmente ao trabalho e contribuído da maneira mais proativa possível, a Prefeitura entende que, desvinculado da Secretaria, Claudio Dias poderá se dedicar em provar que as atividades da Dias Ambiental sempre estiveram dentro da legalidade”.

 

A denúncia

 

A Secretaria do Meio Verde e Meio Ambiente relatou à Justiça de São Paulo uma série de irregularidades e suspeitas envolvendo licenças ambientais de obras na capital, que vão da falta de pagamento de taxas por construtores à pressão e ameaça a servidores por empresas de consultoria que cuidam dos processos de liberação de empreendimentos.

 

Além das questões técnicas, a secretaria relatou “pressões e ameaças” por oito empresas de consultoria contratadas pelos construtores, que cuidam de 70% dos processos de licenciamento ambiental no Município. São citadas: Kaplan Ambiental, Agrotexas Arvoredo, Gaia Ambiental, Podarte, Brascaule, Dias Ambiental e IGJ Paisagismo. Procuradas, elas negam pressões, mas se queixam de “lentidão”.

 

Fonte: Click Guarulhos