Saresp em Guarulhos

0
773

 

Entre hoje e amanhã, cerca de 52,3 mil estudantes da rede estadual de Guarulhos farão as provas do Saresp (Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar de São Paulo). Em todo o estado são 2,1 milhões de estudantes que realizarão o exame. A prova, organizada pela Secretaria da Educação, é responsável por traçar um diagnóstico do ensino no Estado. Participam alunos do 2º, 3º, 5º, 7º e 9º anos do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio.

Neste ano, será avaliado o desempenho nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática e Ciências da Natureza (Ciências, Biologia, Física e Química). Todos os participantes também deverão produzir uma redação. As notas serão divulgadas no primeiro semestre de 2015 e os resultados são utilizados para orientar as ações da pasta.

saresp-guarulhos

“A participação dos alunos é fundamental para que possamos fazer um raio-x completo da Educação Básica paulista. O desempenho da unidade escolar no Saresp também é utilizado para o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (Idesp). O índice é fator principal da composição do bônus do professor que pode ganhar até três salários a mais” afirma o secretário da Educação, Herman Voorwald.

Nos dias de prova, os alunos deverão levar lápis, caneta preta ou azul e borracha. A dica é respeitar os horários estabelecidos pela escola para a avaliação. Além disso, o aluno também deve ler com bastante atenção as instruções do caderno de prova. Caso precise falar com o aplicador, é recomendado que levante a mão e aguarde pelo atendimento.

 

Campanha

 

Neste ano, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo lançou uma campanha multimídia para reforçar entre os alunos a importância da prova. O projeto #umpaporeto ganhou uma música (Alternativa Certa) composta pelo rapper Rashid. Os alunos também têm a chance de fazer o seu próprio rap e participar do vídeo final junto com o artista.

Além da rede estadual, o Saresp também é aberto aos alunos de escolas municipais, Centro Paula Souza, SESI e redes particulares. São ao todo 3.760 unidades que aderiram à avaliação. O número é 7,2% maior que a edição de 2013. Nas prefeituras, as provas são custeadas pelo Governo do Estado.

 

Fonte: Guarulhos Hoje