Saae reclama da Sabesp mais uma vez

0
413

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) diz que a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) fornece quantidade insuficiente de água para Guarulhos. Segundo estudo realizado pelo órgão, o município demanda de 4.600 litros de água por segundo (l/s) para satisfazer toda a população, sem rodízios durante os sete dias da semana. Porém atualmente a cidade recebe 3.000 l/s, ou seja, apenas 65% do necessário.

sabesp-vs-saae

“Em janeiro de 2014, antes da redução imposta ao município devido à crise hídrica, a vazão fornecida foi de cerca de 3.500 l/s; logo, portanto, há um déficit de 1.100 l/s. Por isso, toda a cidade é abastecida por meio de rodízio de um período com água para um período sem água”, declarou o Saae.

Em nota, a Sabesp informou que a diminuição de água fornecida foi proporcional à diminuição da produção de água. “Até 2013, a Sabesp produzia em média 70 mil l/s. Atualmente, a produção caiu 14% (aproximadamente 60 mil l/s), o que é proporcional à diminuição do repasse de água para Guarulhos”, informou a autarquia.

Já a média mensal de consumo na cidade caiu. Antes da crise hídrica (entre janeiro de 2013 e março de 2014) 14.784 litros, e entre abril de 2014 e dezembro de 2015 a média mensal por economia caiu para 13.186 litros.

Fonte: Guarulhos Hoje