Saae paga R$ 12 milhões por mês para sanar dívida com a Sabesp

0
446

Em cumprimento a um acordo feito, o Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae) de Guarulhos desembolsa mensalmente R$ 12 milhões para quitar a dívida que possui com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Segundo o superintendente da autarquia, Afrânio de Paula Sobrinho, o valor em precatório é de quase R$ 1,5 bilhão.

saae-vs-sabespFoto: Ivanildo Porto

No total, a dívida entre as partes, segundo a Sabesp, é de R$ 2,7 bilhões. O débito, que se refere ao período de outubro de 1996 até o dia 31 de dezembro de 2014, tramita na Justiça sendo composto por faturas não pagas, faturas quitadas parcialmente e Termo de Acordo não cumprido na totalidade.

Com um orçamento de R$ 634,2 milhões para 2017, o Saae deverá gastar R$ 103,8 milhões com a aquisição de água da Sabesp. No entanto, segundo Sobrinho, o volume de 3 mil litros por segundo que a companhia estadual fornece para a cidade é insuficiente. “Guarulhos vem sendo discriminada em relação às demais cidades pelo governo do estado. Reservatório e rede não são suficientes para distribuir água. É preciso a água para distribuir”, afirmou o superintendente ontem durante audiência pública do projeto da Lei Orçamentária Anual – LOA 2017.

De acordo com ele, em resposta a um ofício encaminhado para o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), o Saae foi informado que para a renovação da outorga do Sistema Cantareira pela Sabesp a companhia apresentou a necessidade de distribuir 4,3 mil litros por segundo para Guarulhos. “Queremos entender para onde está indo essa diferença, porque nós recebemos apenas 3 metros cúbicos”, destacou.

Reportagem: Leticia Lopes

Fonte: Guarulhos Hoje