Reflexão sobre o papel da mulher abre Semana das Mães

0
346

 

Um público de cerca de 300 pessoas lotou o Salão de Artes do Adamastor Centro, na manhã desta segunda-feira, dia 8, na abertura da Semana das Mães – A Dignidade da Mulher no Mundo Contemporâneo, cuja programação prossegue com atividades até o próximo sábado (13) em diversos espaços da cidade.

 

Os presentes participaram da palestra “Resgate da dignidade da vida e o papel das mulheres na construção de uma sociedade mais justa”, ministrada pela jornalista e escritora Uuka Idi. Nesta terça-feira (9), a partir das 9 horas, será montada uma tenda no calçadão da rua Dom Pedro II (Centro) que oferecerá testes para Hepatite C, orientação jurídica e psicológica, consultorias com assistentes sociais, orientações sobre segurança alimentar, programas de capacitação e de geração de renda, enfrentamento do racismo, tráfico de pessoas, abuso sexual, tortura, emissão de documentos, entre outros.

A Prefeitura, de acordo com o secretário de Desenvolvimento e Assistência Social, Arão dos Santos Silva, busca também oferecer respaldo e subsídios para que as mães cumpram a maior missão da vida, que é a de formar cidadãos e, consequentemente, contribuir para uma sociedade melhor e uma cidade feliz.

 

Emocionando a plateia, Arão contou que perdeu o pai ainda pequeno e aos 11 anos, a mãe. “Temos que valorizar a nossa mãe enquanto a temos por perto. Tive a minha por 11 anos apenas. Ela me deu ensinamentos tão profundos e preciosos que ainda os guardo no coração. Ela se foi há 26 anos, mas deixou o amor no meu coração e me fez um homem do bem. A mãe é o maior bem que Deus no concedeu,” disse Arão, parabenizando a todas.

 

Já a secretária-adjunta da SDAS, Claudia Papotto, falou da importância do papel das mães na sociedade. “Precisamos refletir sobre as mães no mundo contemporâneo, como estão sendo tratadas. Muitos ganham menos que os homens, sofrem pela falta de respeito, abuso e até violência. Precisamos fazer esta reflexão todos os dias e temos também de agradecê-las. Dedico esta semana à minha mãe, que me deu suporte de fraternidade e solidariedade, e a todas as mães também”, afirmou Claudia.

 

Dignidade e empoderamento

 

“A vida é o maior bem de uma pessoa e a dignidade preciosa, sublime; é a essência do ser humano. Não há nada equivalente à dignidade humana e nada pode substituí-la”. Desta forma, a escritora Uuka explicou o valor da dignidade, da honra, da nobreza do caráter humano e desenvolveu o conceito de empoderamento. “Uma pessoa empoderada transforma a vida a partir de uma dificuldade e transforma também a vida do núcleo familiar e da sociedade”, disse a escritora.

 

Participaram também do evento o secretário-adjunto de Gestão, Paulo Sério Rodrigues, secretária do Trabalho, Telma Cardia, subsecretária de Política para as Mulheres, Vera Souza, controlador geral do município, Edmilson Pereira Bruno, subsecretário de Igualdade Racial, Anderson Guimarães e secretário-adjunto de Assuntos para Segurança Pública, Joel Bomfim.

 

A Semana das Mães é uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social em parceria com as Secretarias do Trabalho, de Saúde, Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel), subsecretarias de Políticas para as Mulheres, Políticas para Diversidade e da Igualdade Racial, Fundo Social de Solidariedade e da Associação Brasileira de Defesa da Mulher, da Infância e da Juventude (Asbrad).

 

Confira abaixo a programação:

 

Dia 9 3ª feira – a partir 9 horas – Testes de hepatite C, consultorias com psicólogas, assistentes sociais e advogados (orientação jurídica), orientações sobre segurança alimentar (Saúde com Casca e Tudo), enfrentamento do racismo, tráfico de pessoas. Emissão de documentos e informações sobre programas de capacitação, e de geração de renda. Palestra sobre enfrentamento da violência, LGBT e Bate-papo com as mães. Palestra “A importância de sua autoestima e como elevá-la”. Orientações para melhorar a qualidade de vida em todos os aspectos, relacionamentos interpessoais harmoniosos, comunicação interna e externa, atividades práticas com a professora Silvia Chaves da ACISEG (Associação Cultural Interligada Social Esportiva Guarulhos). Local: Tenda no calçadão da rua Dom Pedro II (Centro)

 

Dia 10 4ª feira – a partir das 9 horas – Orientação sobre amamentação, autoexame da mama e da vacina HPV, educação dos filhos para igualdade e equidade de gênero. Consultorias com psicólogas, assistentes sociais e advogados (orientação jurídica), orientações sobre segurança alimentar (Saúde com Casca e Tudo), discussões sobre relações raciais, orientação sobre migração e tráfico de pessoas, abuso sexual e tortura. Emissão de documentos e informações sobre programas de capacitação e geração de renda. Orientação sobre abuso sexual e tortura. Palestra “A importância de sua autoestima e como elevá-la”. Orientações para melhorar a qualidade de vida em todos os aspectos, relacionamentos interpessoais harmoniosos, comunicação interna e externa, atividades práticas com a professora Silvia Chaves da ACISEG (Associação Cultural Interligada Social Esportiva Guarulhos). Local: CEU Ponte Alta (rua Pernambuco, 836, Jd. Ponte Alta)

 

Dia 11 5ª feira – a partir das 9 horas – Oficinas sobre amamentação, orientação da vacinação de HPV e autoexame da mama. Educação dos filhos para a igualdade e equidade de gênero, orientação sobre segurança alimentar (Saúde com Casca e Tudo). Discussões sobre violência com crianças e adolescentes, tráfico de pessoas e mulheres presas. Emissão de documentos e informações sobre programas de capacitação e geração de renda. Palestra sobre enfrentamento da violência, LGBT. Bate-papo com as mães. Palestra “A importância de sua autoestima e como elevá-la”. Orientações para melhorar a qualidade de vida em todos os aspectos, relacionamentos interpessoais harmoniosos, comunicação interna e externa, atividades práticas com a professora Silvia Chaves da ACISEG (Associação Cultural Interligada Social Esportiva Guarulhos). Local: CEU Cumbica (avenida Atalaia do Norte, 544, Jd. Cumbica)

 

Dia 12 6ª feira – a partir das 9 horas – Oficinas sobre amamentação, orientação da vacinação de HPV e autoexame da mama. Educação dos filhos para igualdade e equidade de gênero, orientação sobre segurança alimentar e reaproveitamento de alimentos, registro de situações, incluindo o racismo. Orientações sobre migração e tráfico de pessoas. Discussão sobre violência com a criança e adolescentes, tráfico de pessoas e mulheres presas; emissão de documentos (Carteira de Trabalho) e informações de programas de capacitação e de geração de renda. Palestra sobre enfrentamento da violência, LGBT. Bate-papo com as mães. Palestra “A importância de sua autoestima e como elevá-la”. Orientações para melhorar a qualidade de vida em todos os aspectos, relacionamentos interpessoais harmoniosos, comunicação interna e externa, atividades práticas com a professora Silvia Chaves da ACISEG (Associação Cultural Interligada Social Esportiva Guarulhos). Local: Terminal Urbano – Pimentas (estrada Pres. Juscelino Kubitscheck de Oliveira, 4.494, Jd. Albertina)

 

Dia 13 sábado – 9 horas – Exposição de telas de mulheres negras. Em seguida, solenidade de encerramento e almoço. Local: Restaurante Popular “Josué de Castro” (rua Adolfo Noronha, s/nº, Taboão)