Proguaru disponibiliza canais de atendimento aos munícipes

0
329

 

Com o objetivo de melhorar o relacionamento e a comunicação com os moradores de Guarulhos, a Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A) disponibiliza canais de atendimento à população, que têm o intuito de agilizar a execução dos serviços de zeladoria encaminhados à empresa.

Foto: Nícollas Ornelas / PMG

 

Os cidadãos guarulhenses têm a sua disposição três canais de relacionamento: Whatsapp (9.5556-8388), e-mail ([email protected]) e telefone (2475-9000).

 

Por meio deles, os munícipes podem informar suas demandas referentes aos serviços prestados pela empresa, tais como: tapa-buracos, conservação de ruas, varrição, capina, limpeza de bocas de lobo, bueiros, rios, córregos, calçadas e passeios, pintura de guias, recuperação de sarjetas, pavimentação de vias e remoção de animais mortos.

 

Ao solicitar os serviços, os moradores receberão um número de protocolo, que permitirá o acompanhamento do processo aberto. Questionamentos e obtenção de respostas devem ser feitas exclusivamente pelo e-mail [email protected].

 

Vale ressaltar que o número do Whatsapp não atende chamadas e não responde a nenhum questionamento, ou seja, somente recebe as demandas que podem vir acompanhadas de fotos ou vídeos.

 

Os pedidos enviados são vistoriados pela Proguaru e, assim que os problemas são detectados, os reparos passam a integrar a programação diária de serviços da empresa.

 

Os cidadãos também podem acompanhar os trabalhos realizados diariamente através do site: www.proguaru.com.br clicando no botão “Programação Diária”.

 

Divisão geral dos trabalhos

 

Para que os moradores de Guarulhos saibam quem são os responsáveis pelas ações de zeladoria no município, a Prefeitura definiu as atribuições e prioridades a serem atendidas pelas secretarias de Obras, Meio Ambiente, Serviços Públicos e Proguaru.

 

A parceria e harmonia entre as pastas é uma ação de governo que tem a intenção de gerar economia aos cofres municipais, além de mais agilidade no atendimento das demandas públicas.

 

Confira na tabela como ficou a divisão de cada serviço.

 

18_07_2017.indd