Parceria da Saúde com Odontologia da UnG leva prevenção a escolas

0
203

 

Mais de 20 estudantes do curso de Odontologia da Universidade Guarulhos (UnG) iniciam nesta quarta-feira (30), às 14 horas, o projeto de extensão universitária Educando Sorrisos, que levará ações de prevenção em saúde bucal a aproximadamente 1.300  alunos da rede pública de ensino, na faixa etária entre seis a 16 anos. Fruto de uma parceria celebrada entre a Secretaria de Saúde e a UnG, por meio do Programa Saúde na Escola (PSE), a iniciativa começará pela Escola Estadual Rotary, no Itapegica.

 

Projeto atenderá alunos da rede pública de ensino, na faixa etária entre seis a 16 anos. Foto: Márcio Lino / PMG

 

Neste primeiro dia de intervenção serão contemplados alunos de 12 a 14 anos. Ao mesmo tempo em que proporciona aos acadêmicos de Odontologia uma formação humanística, voltada essencialmente para a promoção de saúde nas comunidades escolares, a parceria irá contribuir para o desenvolvimento integral dos estudantes da rede pública de ensino, com ações relacionadas ao autocuidado em saúde bucal, as quais também serão estendidas aos pais.

 

Para falar sobre saúde bucal com as várias faixas etárias, os acadêmicos utilizarão linguagens diferenciadas. Com as crianças, assuntos como a função dos dentes, a importância do primeiro molar permanente, cárie, doenças da gengiva, o que fazer quando sofrer trauma, fratura ou perda de um dentinho, serão abordados de forma lúdica, através de teatro de fantoches, contador de histórias, joguinho de memória e um Bocão para ensinar escovação.

 

Orientações

 

Para os pais, os universitários darão orientações sobre cuidados durante a gravidez, puerpério e aleitamento materno, com ênfase nos benefícios que a amamentação proporciona à saúde geral e bucal do bebê (crescimento harmonioso da face e arcada dentárias, prevenção de má oclusão). Também abordarão temas como o porquê o bebê não deve usar chupetas e mamadeiras, a importância da higiene bucal e rotina de horários para a alimentação e escovação, prevenção de cáries, alimentação saudável, entre outros.

 

Já com os adolescentes serão abordados temas como o uso de tabaco,  Narguilé,  piercings e infecções sexualmente transmissíveis, com reforço sobre a importância da vacina contra o HPV (vírus que infecta a pele e as mucosas e pode causar câncer do colo de útero e de pênis). As próximas escolas beneficiadas serão: EPG Eugênio Celeste Filho, no Jardim Munhoz (dia 18/09), EE João Crispiniano Soares, Vila Augusta (19/10) e Dom Paulo Rolim Loureiro, na Ponte Grande (10/11).

 

Para a coordenadora do PSE pela Secretaria de Saúde, Cristina Passeri, a garantia do desenvolvimento pleno dos alunos da rede pública somente é possível com a previsão de ações de prevenção e promoção em saúde bucal. Esse trabalho, que é realizado pelos profissionais de Odontologia da rede municipal de Saúde, é reforçado por meio do Programa Saúde na Escola, que avalia os estudantes e os encaminha para tratamento sempre que necessário.