Orquestra Jovem e Cia. de Ballet no palco do Adamastor

0
702

 

A Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos repete neste sábado (18) a feliz parceria com Cia. Brasileira de Danças Clássicas, que trouxe ao palco do Teatro Adamastor Centro em 2012 o clássico “Copélia”. No novo encontro, os bailarinos apresentarão “Giselle – Ballet em dois atos, de Adolphe Adam”, com trilha sonora feita ao vivo pelo grupo do Conservatório Municipal de Guarulhos.

 

Com direção musical e artística de Emiliano Patarra, regência de José Consani e coreografia de Guivalde de Almeida, o espetáculo conta a história de Giselle, uma jovem de saúde delicada, que se apaixona por um suposto lenhador, sem saber que ele é um duque que já está de casamento marcado com uma princesa.

ballet-guarulhos

 

A apresentação acontece neste sábado, a partir das 20 horas, e a entrada é gratuita. Para assistir,é necessário retirar os ingressos na bilheteria do teatro meia hora antes do início do espetáculo. O Adamastor centro fica na avenida Monteiro Lobato, 734, no Macedo.

 

Sobre a Orquestra Jovem

 

Criada em dezembro de 2003, a Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos é corpo estável do Conservatório Municipal, ligado à Secretaria de Cultura de Guarulhos. Todas as suas atividades visam o aprimoramento e a profissionalização de seus jovens instrumentistas. Para tanto, o grupo elabora programas mensais e realiza concertos dentro e fora da cidade, colaborando com o aperfeiçoamento e favorecendo o contato com grandes solistas, divulgando a melhor música de concerto.

 

Sobre a Cia Brasileira de Danças Clássicas

 

A história da Cia Brasileira de Danças Clássicas se confunde com a da Especial Academia de Ballet, um dos principais centros de ensino de dança clássica da América Latina, fundada há mais de 40 anos pela primeira bailarina Aracy de Almeida. A Cia. nasceu como fruto desse trabalho, tendo como objetivo dar oportunidade para inúmeros talentos vindos da escola a dançarem profissionalmente.

 

A Cia é dirigida por Guivalde de Almeida e no decorrer dos anos teve em seu quadro de maitres e professores profissionais do porte de Jorge Peña (atual assistente de direção) Aracy de Almeida, Bóris Storjkov, Lázaro Carreño, Liliane Benevento, Niurka Naranjo, Ramona de Saá, Ofélia Gonzales, Mark de Graef, entre outros.

 

Sobre Emiliano Patarra

 

Diretor artístico e fundador da Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos e professor de regência em duas das maiores faculdades de música do País (FASM e FAAM), Emiliano Patarra especializou-se em ópera e foi responsável pela montagem de uma grande quantidade de espetáculos líricos nos últimos anos. Formou-se em regência pela FASM sob a orientação do maestro Roberto Duarte e aperfeiçoou-se no Teatro Colón de Buenos Aires com o maestro Guillermo Scarabino, com bolsa de estudos da Fundação Vitae, e com o maestro Luís Gorelik e a Orquestra Sinfônica de Concepción, no Chile.

 

Iniciou a carreira de regente como assistente da Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo, onde atuava como spalla do naipe de violas. Por sete anos, foi regente assistente e coordenador artístico da Orquestra Sinfônica Municipal de Santos, fundador e diretor musical do Núcleo de Ópera da FASM e produtor executivo do Festival Música Nova entre 2003 e 2008, além de diretor musical deste evento em 2009. Foi fundador e regente titular da Orquestra do Theatro São Pedro, além de diretor artístico do Theatro entre 2012 e 2014.

 

Sobre José Consani

 

José Consani iniciou seus estudos de música aos 13 anos. Estudou contraponto, harmonia, composição e análise musical, antes de ingressar no curso de composição e regência da Faculdade de Artes Alcântara Machado, onde graduou-se sob orientação de Abel Rocha. Continuando seus estudos em regência, foi aluno de Luiz Gustavo Petri e participou de diversos workshops e festivais de música, onde teve aulas com profissionais do Brasil e exterior, como Roberto Rodrigues (regência coral), Helmuth Rilling, Kirk Trevor, Daisuke Soga, entre outros.

 

Em 2009 ingressou no programa de estágio em regência e composição oferecido pela Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos aos bolsistas de arquivo/montagem, tornando-se, em 2011, regente assistente da referida orquestra. Atualmente, além da OJMG, José Consani é também regente assistente da Orquestra Sinfônica Municipal de Santos.

 

Fonte: Prefeitura de Guarulhos