Orçamento para Esportes será de R$ 24 milhões no ano que vem

0
580

A Secretaria Municipal de Esportes tem uma previsão orçamentária de R$ 24 milhões para o próximo ano, sendo R$ 22 milhões destinados para folha de pagamento. A informação é do novo secretário de Esportes, Eduardo Rodrigues Pereira da Silva, o Dudu, que participou da audiência da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO-2017).

esportes-guarulhos

O secretário garante que o programa da Secretaria é altamente inclusivo e contribui na formação de crianças e adolescentes. “As nossas ações não param, temos várias equipes competindo com força”, disse. Entretanto, não há previsão orçamentária para investimentos em reformas nos ginásios ou novas obras, informou Dudu.

Ele explicou que isso não significa que o Governo não possa fazer um aporte, se necessário, no próximo ano. “Isso ocorreu agora. Nós não tínhamos recursos, mas o Governo fez um aporte para fazermos algumas reformas”. Ele citou a iluminação da pista e quadra do Ginásio da Ponte Grande e o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) do Ginásio Thomeuzão como intervenções garantidas pelo Governo.

Entre os números apresentados pela Pasta, o secretário destacou que em 2015 foram 1.900 atletas de alto rendimento atendidos, 25.400 crianças e adolescentes e 36 mil pessoas da terceira idade. “Nós fomos vice-campeões dos Jogos Regionais do Idoso neste ano. Esse é um fato importantíssimo”, disse. O presidente da Comissão Especial que analisa a LDO, o vereador Geraldo Celestino (PSDB), disse que o esporte não foi prioridade para o Governo Municipal e, por diversas vezes, viu esportistas locais fazendo listas para conseguir arrecadar verba para participar de algum torneio.

Sobre recursos oriundos do Governo Federal, Dudu disse que está havendo uma flexibilização nas exigências relativas à inscrição do município no cadastro de inadimplentes. “Se houver uma flexibilização, conseguiremos trazer emendas e recursos e mudar completamente nosso quadro hoje”. Dudu disse existir R$ 2 milhões de emendas para o esporte de Guarulhos, que não puderam ser efetivadas por falta das certidões de regularidade fiscal do município.

Fonte: Click Guarulhos