Operação Pancadão faz ações contra som alto, drogas e bebidas

0
394

 

A Prefeitura, por meio da Secretaria para Assuntos de Segurança Pública, tem realizado desde janeiro a Operação Pancadão nos fins de semana com objetivo de combater o uso de drogas e a perturbação do sossego que ocorrem nos bailes funks. A ação já resultou no encerramento de quatro Pancadões e 12 foram impedidos de ocorrer; 17 estabelecimentos foram notificados e fechados e um lacrado; e autuação e apreensão de 19 veículos e dois veículos foram autuados.

 

operaca-pancadao
Foto: Sidnei Barros

 

De acordo com o secretário para Assuntos de Segurança Pública, Gilvan Passos, a ação foi motivada por queixas da população de várias regiões da cidade. “Devido às várias reclamações que têm ocasionado confusões, uso de droga e de bebida, sexo ao ar livre, desenvolvemos a Operação Pancadão – em parceria com a Polícia Militar e, em algumas vezes, somente com atuação da Guarda Civil Municipal (GCM) -, para inibir este tipo de ação na nossa cidade, que atrapalha muito os moradores”, explicou Gilvan.

 

Ele disse ainda não ser contrário ao baile. “Não somos contra a diversão, não somos contra que as pessoas possam ter o direito de se expressar, mas tem que respeitar a lei. É proibido usar droga, bebida com menores e som alto. As pessoas invadem as ruas e outras não podem sair de suas residências, ficam fechadas. Enfim, estamos fazendo cumprir a lei”, afirmou o secretário.

 

De acordo com a pasta, a iniciativa ocorreu nos bairros Jardim Lenize, Jardim Cumbica, Jardim Tupinambá, Jardim das Oliveiras, Ponte Alta, Jardim Otawa, Praça Orobó (Presidente Dutra), Marcos Freire, Jardim Dinamarca, Jardim Ipanema, Parque Jurema e Vila São Rafael.