Oficina de culinária do Tear propicia economia solidária aos participantes

0
263

 

Nesta segunda-feira, dia 25, a oficina do Projeto Tear “Sabor, Saúde e Sustento” esteve no CEMEAR (Centro Municipal de Educação e Artes) comercializando saladas no pote, sucos, bolos, saladas de frutas.

 

 

Toda a oficina de culinária, conta com a supervisão de Cristiane Pizzutto, que promove a inclusão por meio do trabalho, levando em consideração a reabilitação de pessoas que estão em situação de sofrimento psíquico ou mesmo vulnerabilidade socioafetiva.

 

Por meio dessas ações, geram-se rendas que são dividas entre o custeio dos produtos alimentícios, matéria-prima para oficina de artesanato e distribuído o lucro entre o fundo e os próprios participantes. “O trabalho é supervisionado diretamente por nutricionistas da prefeitura, dando as orientações de preservação e armazenamento, levando em consideração o valor nutricional”, finalizou Cristiane.

 

Dentro dos preceitos de atendimento psicossocial, o Tear se consolida como uma iniciativa pública de geração de trabalho e renda, a partir da aproximação com o campo da economia solidária, gerando valores como sustentabilidade, coletividade, cooperação e solidariedade, por meio de promoção da saúde através de nove oficinas de trabalho, cultura e convivência, entre estas a cozinha artesanal. Para mais informações acesse:www.projetotear.org.br