Natália Amano representa Guarulhos no Mundial de Natação

0
419

 

Foco. Determinação. Garra. Características marcantes da nadadora guarulhense Natália Amano, de 16 anos, convocada para o Campeonato Mundial Escolar de Natação que acontecerá em Budapeste, na Hungria, em abril.

 

natalia-amano (1)

 

“Minha meta é participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020, e para isso estou vivendo uma rotina de treinamento intensa no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa em São Paulo”, declara.

 

Precoce e talentosa, Natália começou na natação aos 6 anos, na Academia Winners, em Guarulhos. “Eu comecei a nadar muito pequenininha e daí passei a amar esse esporte. Quando fui crescendo e melhorando meu rendimento, meu técnico da Academia entrou em contato com o Corinthians, onde pude participar de grandes competições”, completa.

 

natalia-amano (2)
Foto: Yve de Oliveira – OMG/SECEL

 

O Secretário-Adjunto de Esporte Iltonjorge de Assis Roque conta que uma das metas da nova gestão é revitalizar os espaços esportivos e incentivar equipes de alto rendimento me Guarulhos.

 

“O meu sonho é formar atletas olímpicos para renovar a esperança e o orgulho de ser um atleta guarulhense. Herdamos uma situação financeira difícil, mas vamos conseguir. Por isso eu procurei a Natalia, mostrei a Tocha olímpica do nosso atleta e diretor do Desporto Amador Wilson David, que inclusive foi o primeiro de Guarulhos a disputar uma Olímpiada, em Los Angeles. Com a determinação da Natália, com certeza ela se tornará uma referência para muitos outros jovens persistam em seus sonhos”, declara.

 

O impossível é só questão de opinião

 

Campeã Paulista nos 100 metros costas pelo 6º ano consecutivo. 200 metros costas no Campeonato Brasileiro. No Multinations Youth – Limassol, em Chipre, foram 100m costas. Natália é talento e simplicidade.

 

Silvana Amano, mãe da atleta, conta que sua vida é de plena dedicação ao esporte.

 

natalia-amano (1)

 

“Nós vivemos a vida dela, a minha agenda é a dela. Quando ela saiu do Corinthians, a nossa rotina ficou mais desafiante. Diariamente levantamos cedo e vamos ao Centro Olímpico no Ibirapuera, por conta da distância muitas vezes ela se alimenta e estuda no carro, mas agora ela está muito mais feliz. O treinador é uma pessoa tão apaixonada quanto ela pela natação e isso é um grande incentivo pra nós”.

 

Para lidar positivamente com as competições, a atleta realiza um acompanhamento psicológico semanal, que inclui sessões de visualização positiva.

 

“Eu fico muito nervosa pra competir, mas o trabalho que estou fazendo com a minha psicóloga me acalmou bastante. Todas as vezes que tenho uma competição, realizamos sessões de visualizações. Imagino como eu quero correr e assim eu não fico tão nervosa. Ela me explicou que para o cérebro não existe diferença entre o que a pessoa vivencia na realidade e o que imagina, portanto, se exercitarmos as metas, quando chegar a hora, tudo fluirá”.

 

Sonhos e inspirações

 

“Contagem regressiva, o mergulho, precisão, velocidade, vitória. Quando eu entro na piscina eu só penso em fazer tudo certo”, destaca Natália, que treina intenso e sonha grande.

 

Esse é o desafio da atleta que já se imagina competindo com grandes atletas no Mundial dos Esportes Aquáticos de Budapeste.

 

natalia-amano (3)

 

“Eu acho que vai ser uma experiência muito diferente para mim, afinal, é um mundial. E vou tentar aproveitar bastante, principalmente para fazer muitas amizades também. Nada é fácil, às vezes a caminhada é difícil, mas não existe impossível. O impossível é para as pessoas que não quiseram nem tentar. Temos que ter foco para continuar e tenho muita vontade de ser uma inspiração para outras pessoas”.