Não tem vaga para deficiente no estacionamento de UBS

1
555

 

O deficiente Wilton Teixeira – que usa uma prótese na perna direita – foi proibido de parar seu carro no estacionamento da Unidade Básica de Saúde Tranquilidade (UBS), no Jardim Tranquilidade (Região Centro), na manhã de terça-feira, 17. Segundo a Secretaria de Saúde o estacionamento é apenas para funcionários.

 

deficiente-guarulhos

Reservado – Mulher de deficiente chamou a polícia diante da proibição (Foto: Silvio Cesar)

 

A esposa de Teixeira, Eliene Gomes, chamou a polícia e considerou um crime a falta de vagas, que, segundo ela, desrespeita o artigo 7º da lei 10.089/00, que diz que em todas as áreas de estacionamento localizadas em vias ou espaços públicos devem ter reservadas vagas para deficientes. “Eles queriam que eu deixasse meu marido, retirasse o carro, e só depois viesse buscá-lo”, reclamou.

 

A Secretaria de Saúde informou em nota que não tem estacionamento público. “Todavia, disponibiliza uma área para embarque e desembarque, próxima ao acesso da unidade, para atender pessoas com deficiência”. A gerente da UBS não quis se manifestar.

 

Fonte: Folha Metropolitana