Megaoperação de combate à Dengue no sábado

0
516

 

A Prefeitura de Guarulhos vai desenvolver neste sábado, dia 13, uma grande ação de combate aos criadouros do mosquito Aedes aegypti em diferentes pontos do município. O inseto é transmissor da dengue, chikungunya e do zika vírus.

 

anita-garibaldi-guarulhosAção no Anita Garibaldi (foto: Marcio Lino/PMG)

 

A medida atende determinação do Governo Federal sobre a realização de mutirões e ações preventivas para a maioria dos municípios brasileiros que sofrem as consequências da picada do Aedes aegypti. Guarulhos registrou mais de 25 mil casos no ano passado.

 

Além dos funcionários da Saúde, que já atuam nas ações cotidianas, todos os comissionados de outras secretarias, trabalhadores e voluntários da Defesa Civil, policiais militares e soldados da Base Aérea de São Paulo (BASP -Cumbica) participarão dos trabalhos.

 

Toda a estratégia das ações foram montadas de forma a agilizar os trabalhos, atingindo o maior número possível de pessoas. Serão realizadas visitas a residências, comércio e pontos de grande concentração de pessoas, bem como a distribuição de livretos com orientações.

 

Os funcionários públicos contarão com apoio de soldados da Base Aérea nas ações de rua e nas visitas a residências. Foram definidos 37 pontos para a concentração dos funcionários participantes, quase todos próximos às unidades de saúde, que exercerão uma espécie Base dos Trabalhos.

 

dengue-em-guarulhosfoto: Sidnei Barros/PMG

 

Agentes da Defesa Civil e voluntários farão visitas às comunidades onde já atuam em diferentes demandas associadas à segurança e ao bem-estar dos moradores. Já os soldados da Base Aérea trabalharão em áreas de grande concentração de pessoas, casos do Aeroporto Internacional Governador André Franco Montoro (Cumbica), Poupatempo, calçadão das ruas Felício Marcondes e Dom Pedro II, shoppings, hipermercados etc.

 

A concentração dos participantes está prevista para as 8 horas, a partir dos postos anexos às unidades de Saúde, com início das atividades às 9 horas. Cada uma das Bases de Trabalho contará com coordenação própria e prestará todo suporte aos participantes.

 

Ações

 

Os trabalhos serão centrados em duas medidas: ação prática, com visitas a residências, bares, ruas e logradouros onde os funcionários públicos verificarão as condições de armazenamento de água. Em caso de suspeita de concentração de larvas do mosquito, serão ministradas orientações e, ao mesmo tempo, os vasilhames serão desocupados e higienizados.

 

A outra medida tem caráter pedagógico e de informação. As pessoas receberão folhetos com orientações sobre procedimentos corretos para acondicionar água em suas residências.  Todos serão lembrados da responsabilidade que cada um deve exercer nesta batalha contra o Aedes aegypti.

 

Trabalho intensificado

 

Os trabalhos para combater o mosquito da dengue prosseguem no domingo, dia 14, em diferentes pontos dos bairros Jardim Santa Paula (comunidade Anita Garibaldi) e Ponte Alta. Juntas elas somam cerca de 2 mil moradias. Em 2015 essas regiões registraram grande número de casos de dengue, razão pela qual a Secretaria de Saúde está promovendo uma ação pontual.

 

Cerca de 40 pessoas, com caminhão-pipa e caminhão para coleta de lixo, estarão promovendo um mutirão de limpeza nas ruas e pontos de concentração irregular de lixo e entulho.

 

Ao mesmo tempo, outro grupo de funcionários da secretaria de Saúde vai orientar a população sobre a importância de manter residências, quintais, terrenos e demais localidades devidamente limpas, impedindo a presença de roedores, animais peçonhentos e, principalmente, insetos.

 

Nas visitas a residências e pontos comerciais, caso haja a constatação de tambores e demais vasilhames com suspeita de terem larvas do Aedes aegypti, agentes de saúde promoverão o esvaziamento do recipiente para limpeza e higienização. Depois de tudo limpo, a água será reposta, com produto do caminhão-pipa, e o compartimento será fechado. Tudo com orientação dos funcionários sobre cada etapa do processo. “Além das visitas nas residências, outro grupo estará distribuindo folhetos nas ruas informando a população sobre a importância da participação de todos nessa guerra mosquito”, destaca a diretora da Região de Saúde III (São João/Bonsucesso) Ataíde Braz Vargas.

 

Fonte: Prefeitura de Guarulhos