Inaugurada obra de arte alusiva à passagem da Tocha Olímpica

0
435

Guarulhos ganhou no início da tarde desta terça-feira (25) uma nova obra de arte visual. Instalada no Paço Municipal (em frente ao Fácil), “Piscina Troféu Monumento”, assinada pela artista plástica mineira Flora Assumpção, faz alusão à passagem da Tocha Olímpica pela cidade e é um dos 22 projetos selecionados pelo Prêmio Arte Monumento Brasil 2016, iniciativa do Governo Federal, através da Fundação Nacional de Artes (Funarte).

tocha-olimpica-guarulhosFoto: Fabio Nunes Teixeira/PMG

A obra é composta por alvenaria revestida por azulejos, que formam a base para estrutura em acrílico translúcido, a primeira nesta escala já produzida no País. O conjunto tem cerca de 2 metros de altura. “Este tipo de projeto é muito importante para a profissionalização do artista e também para trazer a arte para o cotidiano das pessoas. Estou bastante feliz e agradeço pela receptividade que tive em Guarulhos”, disse Flora.

“Além da questão do esporte, receber os Jogos Olímpicos mexeu com autoestima e a cultura do País. Aqui em Guarulhos, tudo foi feito com muita paixão e compromisso e até agora estamos colhendo frutos positivos, como, por exemplo, esta bela obra”, disse o prefeito Sebastião Almeida, momentos antes de descerrar a placa de inauguração.

Outras cinco cidades já foram contempladas, duas no Estado do Rio de Janeiro (Paraty e Nova Friburgo); uma em Minas Gerais (Tiradentes), e também Santa Catarina (Florianópolis), e Ipameri, em Goiás. O Paço Municipal fica na avenida Bom Clima, 91, Bom Clima.

Sobre a artista

Flora Assumpção é artista graduada (2008) e mestre (2014) pela Escola de Comunicação e Artes de São Paulo (ECA-USP). Trabalha com desenho, pintura, gravura, objetos, instalações e intervenções urbanas. Mantém reflexão e prática direcionadas à pesquisa em desenho e em ocupação de superfícies bidimensionais e, paralelamente, desenvolve projetos de instalações para arquiteturas específicas e de instalações para espaços expositivos, além de projetos intervenções urbanas, explorando a relação do desenho com escalas arquitetônicas para a criação de ambientes ficcionais com a intenção de provocar experiências imersivas de caráter poético.

Em suas obras, Flora trabalha com temáticas relacionadas aos elementos naturais e ao fantástico (sobrenatural), numa tentativa de reflexão sobre a atuação do humano diante do mundo natural. Recebeu os prêmios ArteRef 2013, 1o. Prêmio X Salão Elke Hering-SC 2012, Prêmio do Júri no XVI Encontro de Artes Atibaia e o 1o. Prêmio Nascente 12. Realizou exposições individuais no MAMAM-PE, Pinacoteca da UFAL, SESI-SP e Galeria Emma Thomas.