Inadimplência no CDHU chega a 16,2%

1
315

 

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) registra atualmente um índice de 16,2% de inadimplência nos 4.675 contratos que mantém em Guarulhos. Isso significa 757 unidades em atraso. O número apresentou queda significativa em relação a maio de 2011 quando foi lançada a campanha “Fique em Dia com a sua Casa”. Na época o índice de inadimplentes era de 31,3%, isto é, 1.157 unidades em atraso.

Durante todo o dia de ontem a companhia realizou na cidade audiências de conciliação para atender mutuários em situação pré-processual. No total, foram convocados pela CDHU 192 guarulhenses, mas à uma hora do término dos trabalhos apenas 45 haviam comparecido.

 

cdhu-guarulhos

“O acordo veio em boa hora. Tenho um filho deficiente e as dificuldades financeiras acabaram atrapalhando o pagamento das parcelas do meu imóvel”, afirmou a dona de casa, Maria Irani Bispo Farias, 52.

Segundo pesquisa realizada pela CDHU, as principais justificativas dos mutuários para o atraso nas prestações da casa estão relacionadas à perda de renda, separação do casal e problemas de saúde.

Por isso, durante os mutirões de renegociação, os casos são analisados individualmente de acordo com as condições financeiras do titular do contrato. “A principal vantagem é que fazemos um acordo sem entrada, sem juros e com parcelamento simplificado sem juros embutido”, explicou o assistente técnico financeiro, Jordan Ferreira Lima.

Com 325.728 mil contratos ativos no estado a CDHU tem priorizado o atendimento habitacional às famílias de baixa renda.

Hoje, 90,5% dos mutuários atendidos recebem até três salários mínimos e pagam em média R$ 160 de prestação mensal. “É importante que a população perceba a importância de manter as prestações em dia” destaca o presidente da companhia, Marcos Penido.

 

Fonte: Guarulhos Hoje