Guarulhos sobe em ranking de saneamento básico

0
468

Guarulhos subiu 14 posições no ranking divulgado ontem pelo Instituto Trata Brasil. Na relação, que contempla as 100 maiores cidades do Brasil, o município figura na 41ª posição, deixando o 55° lugar onde estava no relatório do ano passado, ficando atrás de cidades como Santos (4ª), Santo André (24ª), São Paulo (25ª), Campinas (28ª), Suzano (36ª) e São Bernardo do Campo (38ª).

 

Segundo o levantamento Guarulhos conta com 99,5% da população com água tratada e 84% com coleta de esgotos. Já o indicador de esgoto tratado por água consumida apresentou queda de 29,01% para 25,18%. Além disso, houve uma redução significativa na quantidade de perdas de água caindo de 46,99% em 2011 para 43,38% em 2012.

saneamento-basico-guarulhos

 

Para o Trata Brasil, a nova edição do ranking revela que os avanços nos serviços de água e esgotos, assim como na redução das perdas de água nas 100 maiores cidades, continuam lentos e que, a se manterem os mesmos níveis de avanços encontrados de 2008 a 2012, não ocorrerá a universalização dos serviços em 20 anos. Os resultados mostram a necessidade de haver um maior comprometimento dos governos federal, estaduais e municipais, se quisermos universalizar o saneamento em duas décadas.

 

Dentre os principais resultados está o aumento da média de atendimento da população com água tratada nos 100 maiores municípios que subiu de 82,70% para 92,2%. Já o volume de esgotos não tratados nessas cidades, portanto descartados por dia na natureza, foi de 2.959 piscinas olímpicas. Para o instituto, isso mostra que a falta de saneamento, além de um problema de saúde pública, continuará prejudicando a quantidade e qualidade dos recursos hídricos brasileiros.

 

Estudo 

O estudo tem como objetivo atualizar o Ranking do Saneamento Básico nas 100 Maiores Cidades do país, publicado desde 2009 pelo Instituto Trata Brasil e cuja metodologia atual foi desenvolvida pela GO Associados. Os dados são dos indicadores do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento – SNIS – ano base 2012. Foram analisados indicadores como os índices de população atendida com água tratada e coleta de esgotos, a quantidade de esgotos tratados, as perdas de água, os investimentos feitos nos serviços, entre outros.

 

Fonte: Guarulhos Hoje