Guarulhos promove Semana de Prevenção às Drogas

0
300

 

De 26 de junho a 1º de junho, acontece na cidade a 9ª edição da Semana Municipal de Políticas Sobre Drogas. Além da programação preparada pelo Comad (Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas), as Unidades Básicas de Saúde (UBS) desenvolverão ações de promoção em saúde, prevenção ao uso de drogas, com a busca ativa de casos e divulgação de informações sobre tratamento no SUS.

 

prevencao-drogas

 

Dentre as atividades programadas pelas UBS destacam-se rodas de conversa, palestras, distribuição de material educativo, atendimento psicológico às pessoas interessadas em iniciar tratamento para dependência do fumo, exposições, exibição de vídeos sobre o tema, além de panfletagem em feira livre. A programação é diferente em cada unidade. Para participar, a pessoa deve se informar na UBS mais perto de sua residência.

 

Ações do Comad

 

A programação do Comad começa no domingo (25), quando serão realizadas missas da Sobriedade em várias Igrejas Católicas. Na segunda-feira (26), das 9 às 13 horas, acontece no Adamastor Centro a Palestra – Traçando Redes: Panorama sobre as ações de cuidado e prevenção de álcool e drogas. O tema será debatido por Mathias Glens, do Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da Defensoria Pública de São Paulo, que volta a abordar o assunto no próximo dia 28, das 8 às 12 horas, no mesmo local.

 

No sábado, dia 1º, acontece a Ação Cultural e Educacional (360º) com apoio do Projeto Cidade que Protege, a partir das 9 horas, no  CEU Parque São Miguel / CEU Presidente Dutra. Todos os eventos da 9ª Semana Municipal de Políticas Sobre Drogas são inteiramente gratuitos e abertos à população em geral.

 

O Dia Internacional de Combate às Drogas, celebrado oficialmente em 26 de junho, foi instituído pela ONU no ano de 1987, com o objetivo de refletir sobre o uso nocivo de drogas e suas consequências na vida das pessoas e do país. O uso de drogas sejam elas lícitas ou ilícitas é um dos maiores problemas que a população brasileira e mundial enfrenta na atualidade. Classificadas como psicotrópicas ou psicoativas, as drogas agem principalmente no cérebro, produzindo alterações do comportamento e da mente.