Guarulhos ganha espaço logístico no Bonsucesso

0
873

O prefeito Guti, o secretário de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e de Inovação (SDCETI), Rodrigo Barros, e empresários dos setores de construção, logística e locação se reuniram nesta quinta-feira, dia 2, para conhecer o mais novo Centro Industrial, Comercial e Logístico da cidade – o GR Guarulhos. A expectativa é que o novo equipamento traga mais empregos e desenvolvimento para a região.

Inúmeros fatores contribuíram para que o novo espaço fosse implantado na cidade. O município abriga o maior aeroporto da América Latina, rodovias importantes como a Presidente Dutra, a Ayrton Senna e a Fernão Dias, além de ser próximo ao principal centro econômico do país: São Paulo, distante 17 km de Guarulhos. Isso sem falar no rodoanel que ligará o aeroporto internacional ao Porto de Santos.

Durante o encontro, o prefeito destacou o papel do poder público como fomentador. “Estamos buscando recursos com os ministérios e o Governo do Estado para trazer mais estrutura para a cidade. Estamos desenvolvendo um plano de recuperação, aumentando a receita e diminuindo custos. Precisamos crescer e atrair investimentos para Guarulhos, com mais oportunidades de emprego”.

Responsável pelo encontro, Guilherme Rossi Cuppoloni, da empresa GR/Properties, fez um panorama do mercado imobiliário de condomínios logísticos de alto padrão implantados em São Paulo, falou sobre o crescimento e perspectivas do setor.

Na oportunidade, Rodrigo Barros falou da importância da livre iniciativa e das potencialidades da cidade. “Nós somos a segunda cidade mais populosa do Estado, com o 4º maior PIB (Produto Interno Bruto), somos um município que prestigia o serviço e que tem parque industrial. É importante entendermos o papel da livre iniciativa e fazer o nosso trabalho que é o de fomentar ações, dando oportunidade de negócios para todos”, salientou.

O secretário da SDCETI falou também sobre parcerias com o aeroporto, o Teca Gru – maior terminal de logística do Brasil, além do lançamento do Via Rápida Empresarial, do Invest São Paulo e de parcerias para trazer fundos de investimentos para Guarulhos. Destacou ainda a questão do transporte rodoviário de carga que em cinco anos cresceu quase 90% e o comércio atacadista com quase 50% de evolução.