Governo de SP autoriza a nomeação de 2.675 professores

0
442

 

O governador Geraldo Alckmin autorizou a nomeação de mais 2.675 professores remanescentes do concurso PEB II (Anos Finais do Fundamental – 1º ao 5º ano e Ensino Médio). O despacho foi publicado no Diário Oficial, no último sábado (6).

 

 

O certame foi realizado em 2013 e já foram chamados mais de 65 mil docentes. Na rede paulista, a categoria tem rendimento de R$ R$ 2.585,00 para 40 horas semanais, conforme projeto de lei de reajuste que será encaminhado pelo governador à Assembleia Legislativa (Alesp), com pagamento retroativo a 1º de fevereiro. O concurso foi o maior do magistério paulista com 322,7 mil inscritos para 59 mil vagas.

 

Os docentes vão atuar nas disciplinas de Artes, Biologia, Ciências Físicas e Biológicas, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, Química, Sociologia e Educação Especial (deficiências auditiva, física, intelectual, visual e transtornos globais do desenvolvimento – TGD).