Geraldo Celestino quer recorrer contra decisão de Jesus

0
469

 

O presidente da Câmara de Guarulhos, vereador Prof. Jesus (DEM), arquivou o pedido de impeachment contra o prefeito Sebastião Almeida, protocolado em 10 de março pelo jornalista e suplente de vereador, Mauricio Siqueira, presidente do Partido Solidariedade. Jesus disse que seria um paradoxo abrir um processo de cassação de mandato do prefeito, pois os vereadores aprovaram as contas de Almeida. A rejeição das contas pelo Tribunal de Contas era um dos principais argumentos apontados pelo autor do pedido.

 

geraldo-celestino-guarulhos

 

Celestino solicitou a leitura da primeira decisão em relação à denúncia, assinada pelo presidente no dia 17 de março, mas teve seu pedido indeferido. O vereador tucano prometeu recorrer à Justiça para reverter o arquivamento. O autor do pedido acompanhou a sessão da galeria, mas nada pode fazer. O presidente aproveitou a discussão para informar sua saída do PDT e ingresso no DEM.

 

O Democratas conta agora com quatro parlamentares na bancada: Prof. Jesus, Daniel Soares, Ramos da Padaria, além de Romildo Santos.

 

O autor do pedido, Mauricio Siqueira, disse ao Jornal Guarulhos Hoje que está avaliando um possível pedido de cassação da presidência da Casa de Leis. Na Coluna desta quarta-feira, 30, o jornalista Pedro Notaro comentou que o DEM não gostou da manobra de Jesus e irá decidir até sexta-feira se Jesus deve ou não permanecer no partido.

 

Fonte: Click Guarulhos