Flamengo perde em casa para Taubaté

0
430

 

O Flamengo segue caindo na tabela de classificação da Série A3 do Campeonato Paulista. Em jogo válido pela nona rodada da competição, na manhã deste domingo, 8, o Corvo sofreu a primeira derrota no Estádio Antônio Soares de Oliveira e deixou o G8. O Taubaté venceu a equipe guarulhense por 2 a 1 e foi a 10ª colocação, com os mesmos 12 pontos do Rubro-negro, que caiu para 12º.

 

Na próxima rodada, o Flamengo recebe o lanterna Francana no Ninho, enquanto o Taubaté joga contra o líder Atibaia, no Vale do Paraíba. Os dois jogos serão realizados nesta quarta-feira, 11, às 15h.

 

Corvo toma dois no primeiro tempo

 

Há três jogos sem conquistar uma vitória, o Flamengo teve difícil missão na manhã deste domingo, 8, pois estava cheio de desfalques. O goleiro Alonso, considerado titular, não foi nem relacionado para o banco de reservas. O lateral direito Guilherme Placca, e o volante Fabinho, cumpriram suspensão. Além da dupla de zaga Renato Saldanha e Lucas Africo, que estão machucados.

 

flamengo-perde

 

Deste modo, o time começou mal na partida e tomou o primeiro gol logo aos seis minutos. O camisa 10 do Taubaté, Geninho, cobrou falta na área, e no bate rebate, o zagueiro Lucas Seixas, do Flamengo, cabeceou contra a meta do goleiro Douglas Baldini.

 

Quando a equipe guarulhense tentava se organizar e trocar passes com aproximações, o time do Vale jogou um banho de água fria. Aos 35 minutos, o lateral-esquerdo Bruno Fandinho, que jogou na zaga do Flamengo em 2014, faz bela jogada e troca para o centroavante Lelo, que dentro da área chutou forte com a perna esquerda e ampliou o placar.

 

O primeiro chute do Flamengo no primeiro tempo aconteceu só aos 37 minutos. Gustavo Henrique cobrou falta e o goleiro Ronaldo defendeu em dois tempos.

 

Flamengo esboça reação, mas não empata

 

O treinador Caco Espinoza promoveu a entrada de Leandro Gobatto no lugar do lateral-direito Ramon. O time melhorou e começou a trocar passes em triangulações, mas não assustava o goleiro adversário.

 

As jogadas mais perigosas do Corvo surgiam da bola parada. Aos dois minutos, Gustavo cruzou e Junior cabeceou bem, mas o goleiro Ronaldo defendeu.

 

O Taubaté respondeu um minuto depois, também de bola parada. Geninho cobrou falta na área, e o zagueiro Léo, sozinho, cabeceou. A bola passou rente a trave.

 

Aos 10 minutos, a zaga do Flamengo bateu cabeça na defesa e a bola sobrou para Rafael Piauí, que dominou, driblou o goleiro, mas no chute, a bola bateu na trave.

 

E a equipe vale paraibana seguiu atacando. Pela lateral direita, o zagueiro Léo subiu sozinho, e chutou forte para a defesa do goleiro Douglas Baldini.

 

No primeiro chute com bola rolando do Flamengo, Gobatto limpa para a esquerda aos 16 minutos, e chutou forte. Ronaldo fez boa defesa.

 

Aos 21 minutos, o Burro da Central quase liquida a partida. Em contra-ataque, Geninho disparou e sofreu a falta. Na vantagem, Rafael marca, mas a árbitra Regildenia de Holanda marcou falta antes e amarelou Alex, que jogou no meio-campo. Sua função de origem é na lateral-esquerda.

 

Nos minutos finais o Flamengo esboçou reação, principalmente com a vontade de Brayan que entrou no lugar do apagado Otávio.

 

Aos 40 minutos, o colombiano brigou pela bola e ganhou lateral. Na cobrança, a bola sobra para Billy, que na marca do pênalti, diminui o placar.

 

O time do treinador Caco Espinoza foi todo ao ataque após o primeiro gol, mas a defesa do Taubaté, bem postada, impediu que o empate acontecesse.

 

Fonte: Folha Metropolitana