Falta segurança na região do Lago dos Patos

1
901

 

Preocupados com os casos de roubos ocorridos na Vila Galvão, os frequentadores de um dos pontos turísticos mais visitados da cidade, o Lago dos Patos, pedem mais segurança na região. De acordo com denúncias, a aérea bastante usada para a prática de atividades físicas se tornou ponto visado por ladrões, que na maioria das vezes são crianças e adolescentes.

Segunda a empresária Maria Tereza Aguiar, 47 anos, a ação dos marginais acontecem no início da manhã e no fim da tarde. “Eles (os ladrões) ficam atentos em quem faz caminhada por aqui. Eu mudei o meu horário de caminhar, pois já presenciei dois roubos. E para piorar a maioria parece ser crianças, que deveriam está na escola”, comenta.

 

lago-dos-patos

A auxiliar de serviços, Guilhermina Maria da Silva, 51, também afirma ter visto ação dos meliantes. “Eles são abusados. Geralmente estão em dupla. Na maioria das vezes as vítimas são mulheres e idosos. Levam celulares, carteiras e tudo que puderem carregar”, relata.

“Agora que o período de férias escolas está chegando, nossa preocupação aumenta um pouco. Pois o Lago dos Patos terá mais frequentadores e isso deve chamar mais bandidos também. Um reforço policial evitaria muitos problemas por aqui. Mas tem que ser permanente e não apenas durante as férias”, opina o comerciante Antonio Carlos de Oliveira, 53.

Em nota, a Guarda Civil Municipal (GCM) afirma que mantém policiamento preventivo 24 horas no local, sendo patrulhamento a pé, com bicicletas e motocicletas, além de postos fixos no entorno do Lago dos Patos. A GCM reitera que os postos devem ser procurados pela população para noticiar crimes e solicitação de auxílio. Em contrapartida com os denunciantes, a Corporação alega que os dados dos quais dispõe não revelam eventual aumento da violência no local. A GCM não informou se vai aumentar o policiamento durante o período de recesso escolar.

 

Fonte: Guarulhos Hoje