Falta de segurança no Parque Chico Mendes

0
675

 

A falta de seguranças e vigias em um dos cartões postais e área de lazer da cidade, o Parque Chico Mendes, no Pimentas preocupa frequentadores e funcionários do local. O espaço onde também funciona uma escola do município é constantemente invadido durante a noite para a prática de rituais religiosos e consumo de entorpecentes.

De acordo com um funcionário que prefere não se identificar, um abaixo-assinado que solicitava segurança ao parque já foi encaminhado à prefeitura. “Foram mais de três mil assinaturas de frequentadores e pais de alunos da escola. Existe um espaço estruturado para abrigar os seguranças. Não falta nada”, comenta.

parque-chico-mendes

O homem explicou que a vigília é feita pelos próprios trabalhadores durante o horário de expediente do parque. “Quando saímos e escola fecha, não tem ninguém para cuidar. A partir daí, pessoas de todos os tipos invadem o parque”, disse.

Na última semana, um incêndio destruiu cerca de 50 m² de mata nativa do parque. O funcionário comenta que um ritual religioso pode ter causado as chamas. “As pessoas fazem despacho na mata. No local incendiado tinha velas, recipientes e uma galinha queimada. Tudo indica que pode ter sido isso”, explica.

A auxiliar de cozinha Maria da Penha Martins, 34 anos, também lamenta a situação de abandono do Parque Chico Mendes. “Outros parques tem segurança, como o Bosque Maia. Por que aqui não tem? É um dos poucos lazer da região do Pimentas e merece mais atenção. Ou vai ser transformar em um ponto de usuários de drogas”, adverte.

Até o fechamento desta edição a prefeitura não se posicionou sobre a falta de segurança no parque.

 

Fonte: Guarulhos Hoje