Espaço cultural em Guarulhos tenta arrecadar fundos

0
485

“Era uma casa muito engraçada, não tinha teto não tinha nada.”

Se trocarmos a canção infantil por um ritmo nordestino, ou o “nada” por saraus e rodas musicais, poderia ser sobre a Casa dos Cordeis, espaço cultural que visa difundir a cultura do Nordeste em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Não há teto no teatro onde artistas se apresentam todos os meses. A única cobertura que existe é feita de lona plastificada, que acaba sofrendo um envelhecimento natural. Quando chove, a simples estrutura sofre com goteiras.

Para resolver o problema, Bosco Maciel, fundador e responsável pela programação do espaço, organizou, no sábado (9), um evento beneficente para arrecadar dinheiro e, enfim, iniciar uma reforma.

bosco-maciel-guarulhosGrupo musical Vozes Bugras se apresenta no teatro da Casa dos Cordeis. Foto: Bosco Maciel

 

“Fui orientado por um amigo a utilizar um site chamado Vakinha, que arrecada dinheiro para projetos. Coloquei a campanha ‘Por um telhado para o teatrinho da Casa dos Cordeis’ e estabeleci o valor de R$9 mil para reunir no período de três meses. Até o último dia 30 a campanha havia conseguido R$40”, lamentou.

Por conta do resultado, Maciel começou a organizar o evento. O convite, no valor de R$50, dava direito a um prato de rubacão (também conhecido como baião de dois) e um exemplar do livro “Romanceiro”, escrito pelo próprio fundador do espaço.

A iniciativa, no entanto, também não ajudou a arrecadar fundos para a reforma, o que não desanimou Maciel. “Considerando que o objetivo do evento também era entreter o público e compartilhar um pouco da cultura nordestina, posso dizer que o alcançamos”, afirmou.

Ele acredita que poderia ter se empenhado mais para reunir um número maior de doadores além dos 40 convidados que compareceram. “Creio que se eu tivesse ligado para meus amigos a presença teria sido maior. E se tivesse conseguido mais patrocínio, teria obtido um lucro maior”, disse.

Tirando as despesas, a Casa arrecadou R$1.400. Com o valor, Maciel irá comprar parte do material de construção para o telhado. “Não é o suficiente, mas dá para começar”, reflete o fundador.

A Casa dos Cordeis foi fundada em 2007. Desde sua inauguração, já passaram por lá mais de 450 artistas populares de São Paulo e de todo o Brasil. Ela promove saraus literários mensais, peças de teatro e oficinas artísticas.

O espaço recebe aproximadamente 200 pessoas por mês, pois é pouco conhecido até mesmo pela vizinhança, apesar de localizar-se em uma das principais vias da cidade, o famoso Anel Viário, na região da Gopoúva.

 

Quem quiser ajudar com doações basta entrar em contato pelo email [email protected]

 

Fonte: Folha de São Paulo