Escola no Cecap tomada pelo mato alto

0
603

 

Pais e mães de alunos da Escola Estadual Vereador Elísio de Oliveira, no Parque Cecap (Região Centro), reclamam da falta de manutenção de parte do terreno da escola onde o mato alto pode atrair bichos e acumular água.

 

“A gente fica preocupado. O mato precisava estar sempre cortado para evitar esse acúmulo de água quando chove e evitar que qualquer bicho apareça. Mas não é só na escola que esse capim atrapalha. Olha a calçada, totalmente dominado pelo mato”, reclamou a dona de casa Elenice Klein, mãe de uma aluna do colégio.

 

Parte do muro que protege a escola ruiu por infiltração de água, segundo Elenice. Como forma de improviso, a diretoria da escola levanto uma cerca de madeira.

 

escola-cecap

Foto: Lucas Dantas

 

A Secretaria Estadual de Educação disse que o problema está no fato do terreno ser arenoso e reter águas pluviais. O último corte de mato dentro da instituição foi realizado no início do ano letivo, em fevereiro. Uma nova manutenção está programada para os próximos dias. Sobre a questão do muro, a Secretaria informou que o setor de obras da Diretoria Regional começou a fazer o orçamento da obra para garantir a segurança dos alunos.

 

Sobre o capim que invade a calçada da Rua Geraldo Alves Celestino, mesma via da escola pública, a Proguaru disse em nota que irá realizar a poda nos próximos dias.

 

Fonte: Folha Metropolitana