EMTU terá que diminuir número de ônibus sem cobrador

0
779

O Consórcio Internorte, que opera os ônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), tem um prazo de 60 dias para diminuir a 14% os coletivos das linhas que trabalham sem cobrador. Atualmente, em torno de 20% da frota de 780 ônibus, das 125 linhas operadas pelo consórcio estão com motoristas atuando com dupla função.

internorte-guarulhos-onibus

A empresa já foi notificada pela EMTU, após a equipe técnica realizar vistorias e constatar o alto número de motoristas que cobram também a tarifa. Os veículos deverão ter o layout interno adaptados, colocando um posto para o cobrador, e pode ser autuada por infringir o contrato assinado caso não se adapte em 60 dias. O contrato dia também que somente os veículos leves de menor capacidade podem operam sem o cobrador.

Nos ônibus municipais de Guarulhos, não é permitida a dupla função por motoristas desde 2010, quando uma lei do vereador Maurício Brinquinho (PT), que também era presidente do Sincoverg (Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários e Trabalhadores em Transportes Urbanos, Metropolitanos, Intermunicipais, de Guarulhos e Região), foi aprovada. A medida gerou mais de 1.200 empregos na cidade na época.

Enquanto ainda atua com alguns veículos com motorista fazendo o papel duplo, a EMTU ressalta que, ao cobrar a tarifa, o condutor deve estar com o veículo estacionado. Caso alguma irregularidade a respeito seja verificada, o usuário pode registrar a reclamação pelo telefona da Central de Atendimento ao Cliente ou pelo site da empresa, informando o prefixo do veículo, data e horário da ocorrência.

 

Fonte: Guarulhos Hoje