Eli Correa Filho e Guti trocam farpas durante debate na Record News

0
823

Os candidatos que disputam o segundo turno das eleições municipais em Guarulhos, Guti (PSB) e Eli Correa Filho (DEM), participaram nesta segunda-feira (17), na Record News, de um debate mediado pelo jornalista Heródoto Barbeiro. Durante o encontro, o eleitor guarulhense presenciou poucas propostas para a segunda maior cidade do Estado de São Paulo e viu inúmeras trocas de acusações entre os candidatos.

guti-vs-eli-record

Na primeira parte do debate, os candidatos tiveram a oportunidade de esclarecer as prioridades de governo, caso eleitos. Eli Correa foi o primeiro a falar e disse que sua gestão terá como foco a saúde. Guti, por sua vez, mencionou que a primeira necessidade do município é o corte de “gastos inúteis” para “enxugar a máquina pública”.

Após apresentarem suas diretrizes, os candidatos partiram para o embate de perguntas e respostas alternadas. Foi nesse momento que começaram as acusações.

Eli questionou a ausência de Guti em votações importantes no período em que era vereador de Guarulhos, acusou o candidato de infidelidade partidária e afirmou que o seu adversário “se esconde atrás da juventude” e é imaturo para exercer o cargo mais importante da cidade.

— Fica muito claro o despreparo do candidato ao meu lado. Boas intenções todo mundo tem, mas precisa ter experiência.

Guti tentou abordar questões que envolvessem propostas para o município, mas também partiu para o ataque contra seu adversário o acusou de não conhecer a cidade por ter chego a pouco tempo no município, de não ter comparecido à votação que cassou o mandato do ex-deputado Natan Donadon no Congresso Nacional e disse que o democrata queria que ele fosse vice de sua chapa na eleição.

— O senhor tentou de tudo para me fazer vice do senhor. Eu prestaria para ser vice do senhor, mas não presto para ser prefeito?

Antes do termino do debate, os candidatos atacaram até mesmo as famílias dos adversários. Guti mencionou que a mulher do democrata é investigada pela justiça e Eli ressaltou que o pai do socialista teve problemas em um caso de extorsão.

No primeiro turno das eleições, Guti foi o mais votado, com 34,54% dos votos válidos. Eli, por sua vez, chegou ao segundo turno com o apoio de 22,38% do eleitorado guarulhense.

Fonte: R7