Corinthians-Guarulhos faz duelo acirrado com o SESC-RJ

0
289

 

Nesse sábado (20), o Corinthians-Guarulhos fez o primeiro duelo de 2018 da Superliga jogando em casa. Na Ponte Grande, o alvinegro dificultou a vida do SESC-RJ que precisou de quatro sets para vencer os paulistas por 3 sets a 1, parciais de 26/24, 23/25, 22/25 e 17/25.

 

 

O técnico Alexandre Stanzioni analisou o embate. “Começamos bem o jogo e, enquanto conseguimos manter equilíbrio na rotação, jogamos de igual para igual. Primeiro e segundo sets foram decididos nos detalhes, já nos demais falhamos em rotações e os deixamos escaparem no placar, mas tivemos espírito para tentar buscar, crescemos coletivamente. Podemos fazer isso também para abrir o jogo em vez de correr atrás depois. Jogar com o placar atrás contra essas grandes equipes não é fácil. É louvável a recuperação que tivemos no terceiro e quarto sets, mas não podemos deixar os adversários abrirem no placar como foi hoje. É o que precisamos corrigir mais rapidamente, além do nosso saque e de algumas situações de passe no momento decisivo”, analisou a reação a que o treinador alvinegro se refere foi quando no terceiro set a equipe perdeu por uma diferença de seis pontos e conseguiu a reação até aproximar os números no placar, bem como no quarto set saiu perdendo de 13 a 3 e conseguiu se recuperar”.

 

“Tivemos condições de buscar o jogo nos últimos sets e, se conseguimos, temos condições de, como o Alê falou, usar isso para abrir uma frente no placar. Isso que precisamos buscar e diminuir os erros. O que jogamos no primeiro e no segundo sets é o alto rendimento, é a disputa do ponto a ponto”, finalizou o ponteiro Mineiro.

 

Com a derrota, o time guarulhense agora é o sétimo na tabela de classificação e começará uma série de partidas contra adversários que estão abaixo na tabela. O próximo duelo do Timão na Superliga é no dia 3 de fevereiro, contra o Montes Claros lá em Minas Gerais.