Consultório móvel leva consultas oftalmológicas aos alunos de escola do Pimentas

0
677

 

Até o próximo dia 6 de abril, o Expresso da Visão, consultório móvel instalado em um ônibus, ficará estacionado na EPG Walter Efigênio, no bairro do Pimentas, para atender mais de 1.300 estudantes que já têm consultas agendadas. A iniciativa integra o Programa Menina dos Olhos, que oferece consultas oftalmológicas e fornece óculos de graça para quem precisa.

 

 

Parceria entre as Secretarias de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel) e Saúde, o programa objetiva identificar, prevenir e proporcionar assistência à saúde visual aos alunos da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos de Guarulhos.

 

A EPG Walter Efigênio é o primeiro estabelecimento de ensino que recebe o Expresso da Visão este ano. Os próximos polos contemplados serão a EPG Dorival Caymmi, entre os dias 9 e 13 de abril; CEU Pimentas, entre os dias 16 e 27 de abril; e CEU Jardim Cumbica, entre os dias 2 e 11 de maio.

 

Após essas datas, o consultório móvel itinerante seguirá para a região de São João e Bonsucesso até chegar aos bairros mais centrais da cidade. Ao todo, serão beneficiadas mais de 200 unidades escolares das redes municipal e estadual de ensino, bem como de entidades conveniadas.

 

A iniciativa contribui ainda para a redução dos problemas de aprendizagem e evasão escolar, além de conscientizar pais e profissionais da educação sobre a necessidade de reconhecer sinais, sintomas e alterações visuais, como também sobre a importância do tratamento precoce.

 

Menina dos Olhos

 

Desde 2009 já foram entregues mais de 25 mil óculos à crianças, jovens e adultos da Rede Municipal, alunos de diversas etapas de ensino. O procedimento começa pela triagem, diagnóstico, resultando no tratamento dos problemas de acuidade visual.

 

Considerado um dos eixos do Programa Saúde na Escola (PSE), desenvolvido em parceria entre as secretarias de Saúde e Secel (Educação, Esporte, Cultura e Lazer) – o Programa Menina dos Olhos foi instituído por lei. Todos os anos, os alunos passam por testes de acuidade visual nas unidades de ensino. Aqueles que apresentam déficit são encaminhados para as consultas oftalmológicas e, os que precisam de lentes corretivas, recebem os óculos de graça.