Conselho Tutelar Bonsucesso denuncia Prefeitura

0
431

 

Os conselheiros tutelares do Bonsucesso estão comprando o material de trabalho com recursos do próprio bolso. A denúncia recebida pela Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente e da Juventude gerou um ofício ao Executivo, que foi assinado pelos parlamentares nesta terça-feira, 27 de fevereiro. Participaram da reunião os vereadores Toninho da Farmácia (PSD) e Acácio Portella (PP).

 

 

Segundo a denúncia, há mais de seis meses o Conselho Tutelar não recebe material de limpeza; o pagamento da internet – indispensável para recebimento dos e-mails da Promotoria e da Vara da Infância – está sendo dividido entre os funcionários; não há papel sulfite para imprimir os relatórios das ocorrências, nem pasta para guardar o prontuário das crianças. A Comissão justifica que o custeio, de acordo com determinações do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) e do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) deve cobrir as despesas com água, luz, mobiliário, telefone, internet e materiais indispensáveis para o bom funcionamento do órgão.

 

DILIGÊNCIA

 

Nesta quarta-feira, 28 de fevereiro, os vereadores da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente farão uma diligência na Promotoria de Justiça e Interesses Difusos e Coletivos da Infância e Juventude de Guarulhos, às 14 horas. A reunião será na rua Sete de Setembro, 138, Centro.

 

Fonte: Click Guarulhos