Centro de Referência à Saúde do Idoso fará testes gratuitos de Hepatite C

0
366

 

Nesta quinta-feira (20), das 9 às 12 horas,  haverá testes gratuitos para detecção da Hepatite C,  para pessoas com idade igual ou superior a 60 anos. A ação será promovida pelo  Centro de Referência à Saúde do Idoso (Ceresi) em sua sede, localizada na rua Dona Antônia nº 987, Vila das Palmeiras,, em conjunto com o Centro de Testagem e Aconselhamento em Doenças Sexualmente Transmissíveis – DST/Aids (CTA).

 

Hepatite-c-guarulhos

 

Também haverá palestra abordando aspectos importantes sobre a doença. Ministrada por profissionais do CTA, a apresentação abordará os riscos, a prevalência, as formas de prevenção e tratamento da Hepatite C, que tem registrado aumento entre a população idosa. Segundo informações do Ceresi, estudos feitos na capital paulista entre 2002 e 2003 apontaram que, na faixa dos 50 anos, o percentual dos que têm anticorpos contra a doença – o que significa infecção no passado – é de 3,8%, contra 1,4% na população geral.

 

Julho Amarelo

 

A ação de prevenção promovida pelo Ceresi integra a Campanha denominada Julho Amarelo, mês de prevenção e controle das hepatites virais. A cor é uma alusão à aparência da pessoa infectada, quando a doença se manifesta. Em Guarulhos, todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) estão mobilizadas, com programação variada para alertar a população sobre esse grave problema de saúde pública.

 

Dentre as atividades programadas pelas UBS destacam-se a ampliação da oferta de testes rápidos para a detecção das hepatites virais, orientações sobre doenças sexualmente transmissíveis, palestras, exibição de vídeos educativos, distribuição de preservativos, panfletagem em feira livre, abordagem em semáforos e também ação de prevenção entre manicures.

 

Na semana de 24 a 27, ainda será realizada uma campanha voltada aos trabalhadores da Secretaria de Saúde, com acolhimento dos profissionais no horário de entrada, sensibilização para a realização do teste, palestra no auditório com o tema “Juntos na Prevenção das Hepatites, além de capacitação sobre a doença.

 

Hepatites:

 

Hepatite é uma inflamação do fígado que compromete seu funcionamento normal. Pode ser causada por vírus, bactérias, álcool, drogas e alguns medicamentos. Já as hepatites virais são inflamações do fígado provocadas por diferentes tipos de vírus: A, B, C, D e E.

 

A Hepatite A é a que registra o maior número de casos. Ela está diretamente relacionada às condições de saneamento básico e de higiene. É uma infecção leve e cura sozinha, para a qual existe vacina. A Hepatite B, segundo tipo com maior incidência, pode ser transmitida pelo sangue contaminado, relação sexual desprotegida e da mãe portadora do vírus para o filho, principalmente no momento do parto. A melhor forma de prevenção da hepatite B é a vacina, associada ao uso do preservativo.

 

A Hepatite C tem como principal forma de transmissão o contato com sangue. É considerada a maior epidemia da humanidade hoje, cinco vezes superior à AIDS/HIV. Não existe vacina para esse tipo de hepatite, que pode causar cirrose, câncer de fígado e morte, sendo responsável atualmente por grande parte dos transplantes de fígado.

 

A Hepatite D, causada pelo vírus da Hepatite D (VHD), ocorre apenas em pacientes infectados pelo vírus da hepatite B. A vacinação contra a hepatite B também protege de uma infecção pelo vírus D. Já a Hepatite E, causada pelo vírus da Hepatite E (VHE) é transmitida por via digestiva (transmissão fecal-oral), provocando grandes epidemias em certas regiões. A hepatite E não se torna crônica, porém, mulheres grávidas que foram infectadas pelo vírus podem apresentar formas mais graves da doença.