Atleta UNG conquista importante medalha para o Handebol

0
306

 

Aos 18 anos, Ronaldo Cenoura prova que esporte não é só diversão. O aluno e atleta da UNG foi convocado para a Seleção Brasileira Juvenil Masculina de Handebol e participou do Pan-Americano Juvenil, quando conquistou a medalha de prata. Os jogos finais ocorreram no Chile, entre os dias 15 e 22 de abril.

 

ronaldo-cenoura

 

Durante uma semana inteira o time brasileiro enfrentou cinco adversários, se sobressaindo nos placares contra os Estados Unidos e Costa Rica, por exemplo, quando pontuou 60 e 40 respectivamente, enquanto os adversários fizeram apenas sete pontos. A equipe estava preparada para a competição, no entanto, a partida decisiva, contra a rival Argentina, foi acirrada.

 

O atleta comentou sobre o último embate, ressaltando que o time teve chances no começo, mas o jogo foi apertado até o segundo tempo da prorrogação.  “Apesar da ótima performance e estratégia dos jogadores brasileiros, tivemos dificuldade de sair do empasse ao longo da disputa e o time argentino conseguiu, nos quinze segundos do último tempo, marcar o gol decisivo para sua vitória, conquistando os 22 pontos, contra os 21 da nossa Seleção”.

 

Mas a equipe ficou entre as melhores e a conquista da medalha de prata não foi uma vitória apenas para o Brasil, mas principalmente para Cenoura, que pela primeira vez, após quatro anos de dedicação ao Handebol, participou de um campeonato deste porte. “Foi uma experiência muito boa. Tanto na minha vida pessoal, porque era um sonho vestir a amarelinha, quanto na profissional. Tive um ótimo aprendizado com o treinador Washington Nunes”, comenta Cenoura.

 

Ronaldo Cenoura treina há mais de cinco meses pela equipe de Handebol da Universidade UNG, o que segundo o jovem foi de extrema importância para o seu preparo físico e técnico. De acordo com Lucila da Silva, coordenadora do Departamento de Esportes da universidade, o programa possui um treinamento especializado para seus competidores, conforme as necessidades e vantagens de cada indivíduo.

 

Aluno do 1º semestre de Educação Física, Cenoura faz parte dos 92 atletas da UNG que recebem bolsas de estudo como incentivo ao esporte e à formação universitária. Semestralmente são abertas vagas para novos esportistas interessados no benefício e a seletiva é realizada pelo avaliador técnico, quando aqueles que apresentam melhor desenvoltura e preparo preenchem as vagas disponíveis.

 

“Estamos no caminho certo, trabalhando e incentivando a pratica esportiva. Ver esses resultados adquiridos no nosso cenário esportivo e de grande proporção, remete a transferência dos valores do esporte para a sociedade”, diz Silva.