Almeida vira réu

0
414

O Ministério Público Estadual abriu um inquérito no qual o prefeito Sebastião Almeida é acusado de recriar cargos de livre comissão, e também de descumprir a ordem judicial. Segundo a acusação aponta, o prefeito manteve a nomeação de servidores no ano de 2009 até 2016, o que contraria de acordo com as normas estadual e federal.

almeida-reuFoto: Ivanildo Porto

Vale lembrar que o prefeito já teve em março de 2016, os bens bloqueados pela justiça. Durante aquele mês, Almeida teve os bens bloqueados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento a Educação (FNDE), devido a uma ação de improbidade administrativa contra ele em razão da não prestação de contas em relação ao convênio nº 858024/2006. Esse acordo entre prefeitura e o fundo chegou ao fim em 31 de dezembro de 2008. No entanto, o prefeito teria movimentado as verbas públicas nos dias 26 e 27 de fevereiro de 2009.

Fonte: Guarulhos Hoje